Mundo

Morreu ex-presidente da transição guineense Henrique Rosa

O ex-presidente da transição da Guiné-Bissau Henrique Rosa morreu hoje aos 66 anos, depois de vários meses internado no hospital de São João, no Porto, disse hoje fonte familiar.

Nascido em Bafatá, leste da Guiné-Bissau, a 18 de janeiro de 1946, Henrique Rosa, empresário e conhecido pelo seu fervoroso catolicismo, entrou para a política ativa em 2003 como Presidente de transição da Guiné-Bissau, depois de o presidente eleito, Kumba Ialá, ter sido derrubado num golpe militar.

Henrique Rosa conduziu o país até às eleições presidenciais de julho de 2005, tendo entregado o poder ao posteriormente assassinado João Bernardo “Nino” Vieira.

Candidatou-se às presidências antecipadas de 2009 e voltou a concorrer em 2012, escrutínio do qual só se realizou a primeira volta devido a mais um golpe de Estado, a 12 de abril do ano passado.

Há vários meses em tratamento em Portugal, Henrique Rosa acabaria por morrer hoje de madrugada no Hospital de São João no Porto.

O corpo do antigo dirigente guineense deverá chegar no fim de semana à capital da Guiné-Bissau para as cerimónias fúnebres.

lusa

Notícias que lhe podem interessar

Crânio de 1,8 milhão de anos encontrado na Géorgia é exibido

Brany Lisboa

Directora dos serviços secretos demite-se após falhas na segurança a Obama

Brany Lisboa

Luís Leal vai esperar por janeiro; Turquia de olho

Brany Lisboa

Google quer levar internet Wi-Fi a regiões da Ásia e África

Brany Lisboa

Comentários

* Ao submeter os seus dados, concorda com os termos definidos na Política de Privacidade

Usamos "cookies" para melhorar a nossa oferta. Mais informações na nossa política de privacidade. OK Mais informações