País Sociedade

Entidade reguladora da comunicação social de Portugal vai formar quadros são-tomenses

O protocolo de cooperação nesse sentido já foi firmado entre o conselho superior de imprensa de São Tomé e Príncipe e a entidade reguladora da comunicação social de Portugal que pretende também ajudar na credibilização da imprensa no arquipélago

Depois de quase extinto, o conselho superior de imprensa de São Tomé e Príncipe reapareceu  cheio de intenções, que visam o melhoramento da prática do jornalismo e uma maior liberdade de imprensa no país.

O objetivo número 1 para a instituição são-tomense é a formação de quadros. Para isso, conta com o apoio da entidade reguladora da comunicação social de Portugal.

“Este acordo reporta, a formação dos membros do conselho superior de imprensa de São Tomé e Príncipe e bem como dos técnicos ligados à comunicação social” garantiu o presidente do conselho superior de imprensa Josuley Lopes.

No acordo firmado com a instituição portuguesa, vem expressa a vontade desta, de ajudar a dignificar e credibilizar a imprensa são-tomense.

“Encontrar caminhos para que possamos ter em São Tomé e Príncipe, uma imprensa adornada pelos princípios da legalidade, isenção, transparência e credibilidade”,concluiu.

Nesta nova fase da sua vida, o conselho superior de imprensa quer impulsionar o setor da comunicação social das ilhas. Para isso, já começou a inspecionar o mudo de funcionamento dos medias existentes no país, e garante que a breve trecho, São Tomé e Príncipe vai ter uma imprensa toda ela, regida pelos verdadeiros princípios fundamentais do jornalismo.

Brany Cunha Lisboa

Notícias que lhe podem interessar

Angola Telecom lança serviço “triple play”

Brany Lisboa

Isabel dos Santos promete forte investimentos em STP

Brany Lisboa

Apelo ao Voto Jovem – Eleições Legislativas, Autárquicas e Regional 2014

Brany Lisboa

HINO NACIONAL DE STP

Brany Lisboa

Comentários

* Ao submeter os seus dados, concorda com os termos definidos na Política de Privacidade

Usamos "cookies" para melhorar a nossa oferta. Mais informações na nossa política de privacidade. OK Mais informações