Mundo Sociedade

Exposição sobre o “Titanic” abre as portas em Paris

Cartaz da exposição “Titanic”, que abriu neste sábado, 1° de junho de 2013, em Paris.Uma mostra inédita começou neste sábado, 1° de junho, no parque de exposições Porta de Versalhes, em Paris. Os visitantes terão uma oportunidade única de descobrir cerca de 300 objetos recuperados muitas décadas depois do naufrágio do navio.

Candelabros, malas, utensílios de toalete, binóculos, cada objeto desperta uma admiração acompanhada pela emoção do naufrágio mais famoso de todos os tempos, ocorrido na madrugada de 15 de abril de 1912, quando o “Titanic” colidiu com um iceberg. O saldo da tragédia foi de 1.500 mortos e 700 sobreviventes.

Cabines de terceira classe foram reconstituídas, dando uma ideia quase real da vida dos passageiros no maior navio do mundo. Muitas histórias íntimas podem ser descobertas como, por exemplo, a de uma mulher que preferiu morrer ao lado do marido do que tomar o último lugar em um bote salva-vidas.

Os vestígios do “Titanic” foram recuperados a 4.000 metros de profundidade e aparecem aos olhos do público com suas histórias e esperanças.

A carcaça foi descoberta em 1985, ou seja, 73 anos depois do naufrágio. Mais de cem anos depois de ter afundado, o navio continua fascinando o público e inspirando o cinema e as artes.

A exposição “Titanic” acontece de 1° de junho a 15 de setembro em Paris Expo, na Porta de Versalhes.

RFI

Notícias que lhe podem interessar

Brany Lisboa

Alice Munro é o Prémio Nobel da Literatura

Brany Lisboa

Arrancou o festival gravana

Brany Lisboa

Armamento China chega ao pódio dos exportadores de armas

Brany Lisboa

Comentários

* Ao submeter os seus dados, concorda com os termos definidos na Política de Privacidade

Usamos "cookies" para melhorar a nossa oferta. Mais informações na nossa política de privacidade. OK Mais informações