Notícias País Política Sociedade

Marca “made in São Tomé e Príncipe” em debate

As autoridades são-tomenses debatem novas formas de investimentos no país. Governo e empresários estudam formas de ajustar os investimentos às características do arquipélago. Um dos objetivos é criar a marca “made in São Tomé e Príncipe” para produtos locais.

O Cacau, o Café e outros produtos produzidos em São Tomé e Príncipe, poderão vir a ostentar num futuro próximo a marca “made in São Tomé e Príncipe”. A ideia que está ainda a ser estudada pelas autoridades são-tomenses poderá ajudar a dinamizar o mercado e o investimento interno.

“O desafio, reside precisamente em apostar em nichos de mercado. Nichos que possibilitem a criação de valores”, clarificou o ministro das finanças Hélio Almeida

O país quer ajustar os investimentos às suas características, que são próprias e específicas. Por isso, no encontro com os empresários locais que decorreu num hotel da capital, o governo tomou como exemplo o turismo, para debater as melhores formas de atuação.

“Ao nível do turismo por exemplo, se paute por um turismo que seja ecológico. Nós temos condições naturais,…de todo não seria aconselhável que pautassemos pelas grandes indústrias,…pequenas coisas mas que criem valores” enfatizou.

Governo e empresários à procura de novo entrosamento para dinamizar o investimento interno adequado às especificidades de São Tomé e Príncipe.

Brany Cunha Lisboa

Notícias que lhe podem interessar

Soldado britânico é vítima de ataque terrorista em Londres

Brany Lisboa

Mensagem de Páscoa 2014 do Bispo de São Tomé e Príncipe

Brany Lisboa

Morreu Nelson Mandela (1918-2013): a liberdade como obra

Brany Lisboa

Sessão plenária quente em STP

Brany Lisboa

3 comentários

Comentários

* Ao submeter os seus dados, concorda com os termos definidos na Política de Privacidade

Usamos "cookies" para melhorar a nossa oferta. Mais informações na nossa política de privacidade. OK Mais informações