País Saúde

Presidente evita greve dos médicos e enfermeiros

O chefe de estado Pinto da Costa, promulgou o estatuto de carreira da classe, o que evitou a greve anunciada para essa semana.

Os médicos e enfermeiros querem agora que o documento seja implementado na prática o quanto antes.

Os sindicatos querem que o governo de Gabriel Costa implemente o documento na prática já no final do mês de Agosto, “sob pena de remarcar uma nova greve”.

O documento agora promulgado pelo presidente, vai permitir responder a várias reivindicações da classe, com destaque para a atualização da base salarial, pagamentos de retroativos, bem como melhorar as condições de trabalho.

Aguarda-se agora as movimentações governamentais, para perceber se o documento vai ser implementado já no próximo mês ou se vai haver outra ameaça de greve.

Relembre-se que o setor da saúde que é fulcral para o desenvolvimento do país, continua a merecer uma atenção muito fraca por parte dos sucessivos governos, no que respeita sobretudo a formação de quadros e criação de melhores condições de trabalho.

Brany Cunha Lisboa

Notícias que lhe podem interessar

Partido no poder em São Tomé e Príncipe quer retirar do parlamento criação de Conselho Nacional de Justiça

Brany Lisboa

Técnica nuclear pode ser usada para combater mosquito da dengue

Brany Lisboa

A bué fixe quer quebrar o estigma envolto no VIH/SIDA

Brany Lisboa

Acordo de petróleo com a Galp gera bónus de 2 milhões de dólares

Brany Lisboa

1 comentário

Comentários

* Ao submeter os seus dados, concorda com os termos definidos na Política de Privacidade

Usamos "cookies" para melhorar a nossa oferta. Mais informações na nossa política de privacidade. OK Mais informações