Notícias País Sociedade

São Tomé e Príncipe institui dia nacional do Turismo

O setor do turismo está em debate na capital são-tomense.

Durante uma semana o governo, operadores e sociedade civil, discutem formas de dinamizar e divulgar o setor. A semana dedicada ao turismo que se inicia esta segunda-feira terá como o ponto mais alto a instituição do dia 24 de Agosto, “como dia nacional do turismo”.

Tendo em conta as potencialidades naturais de São Tomé e Príncipe, o setor do turismo tem tudo para funcionar como um dos principais impulsionadores do desenvolvimento. No entanto, o envolvimento das gentes do país no processo de divulgação das ilhas é para os responsáveis do setor um imperativo.

“É necessário que as pessoas saiam mais de casa, que conheçam o seu próprio país, pois os são-tomenses não conhecem o seu próprio país, as pessoas que visitam o nosso país conhecem mais São Tomé e Príncipe do que nós próprios”, assegura o diretor de hotelaria e turismo José Vera Cruz.

A semana dedicada ao setor que arrancou esta segunda-feira, servirá então para encontrar mecanismos para inverter a atual realidade. Entretanto,  embora já se tenha registado alguns avanços  como melhoramentos na obtenção de vistos de entrada no país, infraestruras hoteleiras e afins, o governo reconhece que há ainda muito mais a fazer.

“Pôr em marcha programas de melhoria das infraestruturas de base, a qualidade do urbanismo, a sanidade ambiental, a animação e conteúdos culturais incluindo um programa de municipalização turística”, afirma o ministro do comércio, indústria e turismo Demóstenes Pires dos Santos.

2004 e 2006 foram os melhores anos para o turismo são-tomense, tendo o arquipélago registado perto de 16 mil visitantes. Atualmente essa cifra fixa-se em cerca de 13 mil turistas.

País de sol exuberante e praias paradisíacas, as ilhas de São Tomé e Príncipe podem não só protagonizar um excelente turismo de sol e mar aos seus visitantes, como também podem oferecer um largo usufruto do turismo rural aproveitando as suas enormes potencialidades naturais e paisagísticas da sua flora e fauna.

Por tudo isto, e para que as potencialidades do país sejam cada vez mais divulgadas, os dirigentes do setor pedem maior proação dos próprios são-tomenses e anunciam a instituição do dia 24 de Agosto como “dia nacional do turismo”.

Brany Cunha Lisboa

Notícias que lhe podem interessar

Segunda volta confirma Evaristo como novo Presidente

Brany Lisboa

Crianças deficientes poderão ir as escolas em STP

Brany Lisboa

Inglaterra George Michael sofre acidente grave de carro

Brany Lisboa

ADI diz que adiar as eleições autárquicas e regional é uma atitude que põe em risco a democracia em São Tomé e Príncipe

Brany Lisboa

2 comentários

Comentários

* Ao submeter os seus dados, concorda com os termos definidos na Política de Privacidade

Usamos "cookies" para melhorar a nossa oferta. Mais informações na nossa política de privacidade. OK Mais informações