País Saúde

Campanha contra Sarampo quer atingir 100% da população

As autoridades sanitárias são-tomenses deram início esta semana a segunda fase da vacinação contra o Sarampo.

A campanha que promete abrangir todo o território nacional quer atingir em 100% as crianças dos 7 aos 11 meses.

O último caso de Sarampo diagnosticado em São Tomé e Príncipe, remonta ao ano de 1994. Ainda assim, sob orientação da OMS, Organização Mundial da Saúde, o país pretende atingir uma cobertura de 100% no que se refere a taxa de vacinação.

Esse objetivo continuou a ser perseguido esta semana com o lançamento da segunda fase da campanha que, por todo o arquipélago deverá vacinar todas as crianças entre os 7 aos 11 meses.

“Marcaram-me para vir hoje, para que ele pudesse tomar a primeira dose, já que, o meu filho já tem 9 meses”, assegurou uma mãe de nome Maria Albuquerque.

A afluência aos centros de saúde já é grande tendo a cobertura atingido até ao momento cerca de 95%.

Mas, as autoridades sanitárias querem mais.

“O nosso apelo é no sentido de dizer as populações para que, acorram aos serviços para que, abram as suas portas para que, os agentes e os enfermeiros do programa de vacinação possam levar a cabo esta campanha de modo a que, em São Tomé e Príncipe possa cobrir 100% das crianças”, apelou o ministro da saúde Leonel Pontes.

O Sarampo é uma doença contagiosa cujo, febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular e corrimento no nariz são os principais sintomas.

Brany Cunha Lisboa

foto-google

Notícias que lhe podem interessar

São Tome e Principe sob ameaça de sanção da UA por não dar contribuição

Brany Lisboa

“Musa” Filipe Santo Feat Anacris

Brany Lisboa

Chefe de estado maior das forças armadas alegadamente envolvido em “massacre” de ladrão

Brany Lisboa

Governo são-tomense quer dialogar com professores

Brany Lisboa

1 comentário

Comentários

* Ao submeter os seus dados, concorda com os termos definidos na Política de Privacidade

Usamos "cookies" para melhorar a nossa oferta. Mais informações na nossa política de privacidade. OK Mais informações