País Sociedade

STP terá em 2014 cerca de 9000 novos eleitores

A segunda fase do recenseamento eleitoral no arquipélago com vista as eleições legislativas, autárquicas e regional de 2014, já está no fim. Os agentes no terreno que estiveram esta semana no distrito de Mé-Zóchi, esperam recensear até ao mês de janeiro cerca de 9000 novos eleitores.

A equipa da CEN, Comissão Eleitoral Nacional foi ao distrito de Mé-Zóchi dar as pessoas que ainda não se tinham recenseado a oportunidade de fazê-lo.

De acordo com os técnicos da CEN mais de 90% das populações residentes no país já foram recenseadas, o restante deverá ser abrangido até janeiro próximo. “Asseguram que a ideia até lá, é atingir 9000 novos eleitores”

Aldezinda Costa que completa 18 anos a 1 de janeiro já faz parte dessas estatísticas pois, acabou de efetuar o seu registo.

“Eu ainda não tinha o cartão, por isso, vim fazê-lo”, afirmou.

Para os técnicos da CEN é uma questão de identidade nacional.

“Ser são-tomense significa ter cartão de eleitor e ter capacidade de votar”, explicou a técnica Nilza Camblé.

O recenseamento eleitoral em curso é direcionado a todos os cidadãos maiores ou que completam 18 anos até junho de 2014.

Destina-se as eleições legislativas, autárquicas e regional que também se realizam nesse ano.

Brany Cunha Lisboa

Fonte RTPÁfrica

Notícias que lhe podem interessar

São Tomé e Príncipe afastado do CAN 2015

Brany Lisboa

Fundação angolana financia construção de centro musical em São Tomé e Príncipe

Brany Lisboa

O Facebook faz hoje 10 anos! Saiba como tudo começou

Brany Lisboa

Osvaldo Abreu garante estabilidade aos empresários angolanos

Brany Lisboa

Comentários

* Ao submeter os seus dados, concorda com os termos definidos na Política de Privacidade

Usamos "cookies" para melhorar a nossa oferta. Mais informações na nossa política de privacidade. OK Mais informações