Notícias País Política

“Nem que isso custe a vida de alguns”-Levy Nazaré ADI

O ADI na oposição em São Tomé e Príncipe reafirmou esta semana em sessão plenária, o seu compromisso com o povo do arquipélago, e garante que nada nem ninguém irá impedir o comprimento deste compromisso nem que isso custe a vida de alguns. Declarações no minimo assustadoras que não tiveram resposta direta do poder. O MLSTP/PSD que comanda a coligação no poder afirmou apenas que o país vive um momento intenso.

O discurso do secretário-geral do ADI na oposição marcou a sessão plenária do parlamento são-tomense esta terça-feira.

“O ADI tem um compromisso com esse povo e com o país, e nada nem ninguém abalará a nossa firme determinação de assumir e cumprir esse compromisso, nem que para isso venha a custar a vida de alguns, por isso, e ao contrário daqueles que todos os dias deixam passar a ideia de que esse país não tem cura, não tem solução o ADI diz o contrário, o país tem solução sim”, afirmou o secretário-geral ADI Levy Nazaré.

Declarações contundentes e carregadas de algum tom de ameaça que não obteve resposta direta do poder. O MLSTP/PSD líder da coligação governamental afirmou apenas que o país vive um momento intenso, tendo em conta as eleições legislativas, autárquicas e regional previstas constitucionalmente para Julho.

“São Tomé e Príncipe está a viver momentos de grandes intensidade e sensibilidade política. Vivemos um momento excepcionalmente difícil”.

Afirmações que souberam a pouco perante as palavras “quentes” de Levy Nazaré, numa altura em que o país espera com ansiedade a marcação efetiva da data das próximas eleições.

Na sessão parlamentar desta terça-feira, foram ainda aprovados na generalidade alguns diplomas importantes, com destaque para lei anti-tabagismo que pode vir a proibir o uso do tabaco em locais públicos e a lei de mecenato que vai permitir o patrocínio de privados ao desporto nacional.

Brany Cunha Lisboa

Notícias que lhe podem interessar

Presidenciais: MLSTP/PSD apresenta candidato este fim-de-semana

Brany Lisboa

Governo e empresa da China Popular fazem renascer o sonho do Porto em Fernão Dias

Brany Lisboa

Entrevista Camucuço

Brany Lisboa

O primeiro-ministro são-tomense pede bom senso aos professores

Brany Lisboa

1 comentário

Comentários

* Ao submeter os seus dados, concorda com os termos definidos na Política de Privacidade

Usamos "cookies" para melhorar a nossa oferta. Mais informações na nossa política de privacidade. OK Mais informações