País Sociedade

São Tomé e Príncipe Infratores financeiros na mira do Tribunal de Contas

O presidente do Tribunal de Contas (TC) de São Tomé e Príncipe José António Monte Cristo, prometeu hoje levar ao Ministério Publico (MP) todas os responsáveis ou entidades públicas que cometem infrações financeiras.
“Há instituições, há agentes que persistem na violação de regras e normas aplicáveis a gestão e restruturação das contas do estado e estamos em articulação com o Ministério Público para proceder no sentido de levar a cabo a responsabilidade que couber nestes casos”, disse José António Monte Cristo.

Após duas décadas sem divulgar relatórios de contas públicas, o TC apresentou hoje pelo segundo ano consecutivo um relatório anual de contas, neste caso relativo a 2013.

“A reação ao nosso apelo para a remessa de contas de gerência foi positiva. Um considerável número de empresas e instituições públicas autónomas remeteram as suas contas. A nossa preocupação inicial é com o arranque desse processo quanto à qualidade das contas, nós cremos que paulatinamente são aspetos que vão melhorar”, acrescentou.

Durante a apresentação das contas de 2013, José António Monte Cristo sublinhou que a execução do orçamento desse ano conheceu “algumas dificuldades” e o endividamento das empresas publicas aumentou, mas não revelou quanto.

Notíciasaominuto.pt

Notícias que lhe podem interessar

Sao Tome e Príncipe-Dois Mundos

Brany Lisboa

Governo são-tomense quer dialogar com professores

Brany Lisboa

Armamento China chega ao pódio dos exportadores de armas

Brany Lisboa

Brasil vai construir uma barragem sobre Yô Grande

Brany Lisboa

Comentários

* Ao submeter os seus dados, concorda com os termos definidos na Política de Privacidade

Usamos "cookies" para melhorar a nossa oferta. Mais informações na nossa política de privacidade. OK Mais informações