Economia Mundo

EUA e China fazem acordo para reduzir emissão de CO2

Estados Unidos e China anunciaram um acordo de longo prazo para redução da emissão de dióxido carbono e outros gases prejudicais ao clima, informaram nesta quarta-feira funcionários do governo norte-americano, em Pequim, onde ocorre o fórum da Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico (Apec, na sigla em inglês), no qual estão presentes os presidentes dos dois países.
O acordo é uma tentativa importante de retomar as negociações internacionais sobre o clima, uma vez que os Estados Unidos e China são os dois maiores emissores de dióxido de carbono do mundo e contam com fortes grupos internos que são contra a redução.
O plano dos EUA é dobrar seu ritmo de diminuição das emissões de dióxido de carbono depois de 2020, com meta de chegar a 2025 com uma emissão entre 26% e 28% menor que o nível de 2005. O objetivo norte-americano é construído em torno de regulamentações da administração Obama para os padrões de emissões de veículos e usinas de energia. Espera-se uma oposição das principais empresas de petróleo e gás.
Da sua parte, a China concordou em interromper o aumento da emissão de dióxido de carbono até 2030, com uso dos combustíveis fósseis caindo para cerca de 80% da energia chinesa.
Segundo os funcionários do governo norte-americano, o plano vinha sendo negociado há meses pelo presidente dos EUA, Barack Obama, e o presidente chinês, Xi Jinping. Fonte: Dow Jones

noticias.yahoo

Notícias que lhe podem interessar

Benfica volta a cair nos descontos

Brany Lisboa

Que Trampalhada?

Brany Lisboa

PALOP juntos no combate ao tráfico de drogas

Brany Lisboa

OMS regista primeiros casos de coronavírus em profissionais de saúde

Brany Lisboa

Comentários

* Ao submeter os seus dados, concorda com os termos definidos na Política de Privacidade

Usamos "cookies" para melhorar a nossa oferta. Mais informações na nossa política de privacidade. OK Mais informações