Economia País

Acordo de petróleo com a Galp gera bónus de 2 milhões de dólares

A agência nacional de petróleo representou o Estado são-tomense, esta segunda-feira 09/11 em São Tomé, na assinatura do acordo de exploração petrolífera do bloco 6 com a Galp de Portugal.

O entendimento já gerou cerca de 2 milhões de dólares em favor do arquipélago, apenas como bónus de assinatura. Vai ainda permitir a petrolífera portuguesa, uma exploração de 28 anos, sendo os 8 primeiros de pesquisa e os restantes 20 de desenvolvimento e produção de petróleo.

No negócio entra ainda uma terceira operadora, a kosmos energy, que tal como a Galp vai deter uma participação de 45% no bloco em causa.

O Estado são-tomense para além dos 2 milhões de dólares já amealhados garante 10% de participação sobre o bloco 6, localizado na sua zona económica exclusiva.

Brany Cunha Lisboa com RTPA

Foto:google

 

 

Notícias que lhe podem interessar

Léve-léve

Brany Lisboa

ONG denuncia captura indiscriminada de tartarugas em São Tomé e Príncipe

Brany Lisboa

Nós por cá censurado por causa do arroz polémico

Brany Lisboa

São-tomenses assumem importância da língua materna

Brany Lisboa

Comentários

* Ao submeter os seus dados, concorda com os termos definidos na Política de Privacidade

Usamos "cookies" para melhorar a nossa oferta. Mais informações na nossa política de privacidade. OK Mais informações