País Sociedade

Instituto Politécnico de Leiria apoia educação em São Tomé e Príncipe

O IPL, Instituto Politécnico de Leiria forma professores e inspetores em São Tomé e Príncipe no quadro da reforma do ensino em curso.

De acordo com Maria Antónia Barreto docente do Instituto Politécnico de Leiria, que esteve no arquipélago são-tomense para dar formação aos jovens professores das ilhas, “o IPL tem sido um importante parceiro neste contexto de cooperação na área da educação entre Portugal e São Tomé e Príncipe. Desde que começou a reforma do ensino em São Tomé, são vários os professores portugueses que se deslocaram às ilhas para lecionar em diversas disciplinas. O IPL foca-se sobretudo na formação de inspetores para a educação”.

Optimized-GEDC0611Mário Oliveira, outro quadro do IPL destacado em vários momentos para às terras do equador, também enfatiza o papel do instituto no apoio a educação em São Tomé e Príncipe. Desvaloriza o atual contexto de crise económica e garante que “é nestes momentos que se veem uma maior solidariedade nas pessoas. Eu mesmo fui para São Tomé como voluntariado do IPL, fi-lo e voltaria a fazê-lo sem problemas. Eu acredito que este tipo de ações contribuem muito para a internacionalização do IPL, aliás, não é só com São Tomé e Príncipe, temos protocolos com vários países dos PALOP. O IPL já é uma instituição reconhecida como um importante centro de investigação”.

Os dois professores foram convidados a exporem as suas experiências durante uma mesa redonda sob o lema “Que sustentabilidade para São Tomé e Príncipe?”, organizada pela APPEA, Associação Portuguesa para a Promoção do Envelhecimento Ativo e Saudável, no âmbito de um evento de promoção do arquipélago na cidade de Leiria denominado “Unidos por São Tomé e Príncipe”.Optimized-GEDC0605

A APPEA pretende por meio do voluntariado penetrar-se nos diversos setores de atividades das ilhas, como a saúde, educação, turismo, ambiente e economia. O intuito é ajudar as autoridades locais a conseguirem o tão almejado desenvolvimento sustentável.

Optimized-GEDC0627O vereador vice-presidente da Câmara Municipal de Leiria, Gonçalo Lopes, aplaude a iniciativa e aproveita para “exortar aos empresários da região a olharem mais para as potencialidades do mercado são-tomense e aumentarem a quota de exportação de Leiria para às ilhas que neste momento se situa a volta dos 10%”.

Optimized-GEDC0625Por sua vez, o conselheiro do embaixador e representante da embaixada são-tomense, Amílcar Afonso “volta a desvalorizar o atual contexto de crise económica e afirma que vai aconselhar o embaixador a ter em conta a região de Leiria durante as negociações do novo programa de cooperação entre São Tomé e Príncipe e Portugal”.

Ainda como parte do evento, destacam-se as demonstrações do folclore cultural da ilha do Príncipe, degustação da gastronomia são-tomense, música ao vivo, exposições de quadros e esculturas de artistas são-tomenses e um desfile de moda da coleção da estilista Goreti Pina.

Brany Cunha Lisboa

Notícias que lhe podem interessar

Governo pede demissão de Justino lima do cargo de chefe de estado maior

Brany Lisboa

Função Pública em Debate em STP

Brany Lisboa

Banco Mundial discute cooperação na área de protecção social

Brany Lisboa

São-tomenses também comemoram o dia dos namorados?

Brany Lisboa

Comentários

* Ao submeter os seus dados, concorda com os termos definidos na Política de Privacidade

Usamos "cookies" para melhorar a nossa oferta. Mais informações na nossa política de privacidade. OK Mais informações