Cultura Notícias

As redes Socias são o presente e o futuro para os cantores são-tomenses

A afirmação é do cantor são-tomense Jedy Blindado, que em entrevista exclusiva ao ReporterSTP, adianta mesmo que o uso de redes sociais é para já, o único meio de que despõem os pequenos cantores para a promoção e para ganhar algum dinheiro.

Ter músicas a cantarem nas estações de rádio e televisão é um luxo de que dispõem apenas os artistas que “têm contratos com grandes editoras”, começa por descrever Jedy Blindado. Já com vários anos de estrada, Blindado, (a.k.a) Presidende do Rap Santola, como também é conhecido, garante que “o presente e o futuro são ditados pelas redes sociais”, no que a promoção diz respeito.

“As redes sociais são tudo para os novos cantores, as músicas são vendidas nas plataformas digitais como o Spotify e é assim que se ganha dinheiro e a música dá muito dinheiro. Cada vez que vais lá clicar na minha música automaticamente cai dinheiro na minha conta”, explica Jedy Blindado.

O rapper, que não passou ao lado do momento peculiar que se está a viver atualmente no mundo, devido a pandemia do Covid 19, está também ele a trabalhar a partir de casa, já que “tem contrato consigo mesmo”.

“Eu sou independente, tenho contrato com a minha editora que eu próprio criei. A propósito a última novidade e que já está nas ruas é o (B day) que lancei no recente 26 de Março dia do meu aniversário “, garante.

No entanto, o “Presidente do Rap Santola”, reconhece que apesar de ver nas redes sociais o “presente e futuro” para os pequenos cantores são-tomenses, a promocão do que se vai fazendo é o principal problema e aqui, as rádios, televisões e a imprensa em geral têm um papel importante a desempenhar. Por tudo isto, “acaba por ser melhor promover música a música ao invés de um albúm completo”.

Ainda assim, Blindado diz que o Rap/Trap está na moda, por isto, tem vários projetos em carteira, como as mixtapes “Cobra Preta volumes 3 e 4, viagens e atuações em solo são-tomense ou mesmo colaborações com outros cantores dos Palop.

Brany Cunha Lisboa

Notícias que lhe podem interessar

São Tomé e Príncipe institui dia nacional do Turismo

Brany Lisboa

Governo Português entrega acervos históricos de São Tomé e Príncipe

Brany Lisboa

Fundação angolana financia construção de centro musical em São Tomé e Príncipe

Brany Lisboa

Se eu Soubesse não iria

Brany Lisboa

Comentários

* Ao submeter os seus dados, concorda com os termos definidos na Política de Privacidade

Usamos "cookies" para melhorar a nossa oferta. Mais informações na nossa política de privacidade. OK Mais informações