Notícias País

Coronavírus chegou à São Tomé

O Primeiro-Ministro são-tomense, Jorge Bom Jesus confirmou esta segunda-feira aos jornalistas, a existência de quatro casos positivos de Covid 19 no país. Os casos suspeitos foram levados a testar num laboratório em Libreville Gabão e acabaram por derrubar a resistência do país e revelar a chegada do vírus à Principal ilha do arquipélago. Um conselho de ministros urgente para estudar medidas ainda mais restritivas já foi agendado, segundo o chefe do executivo.

Quatro casos de Covid 19 testados positivos em São Tomé. Numa comunicação ao país o Primeiro-Ministro Jorge Bom Jesus garantiu que” ainda nesta segunda-feira um conselho de ministros extraordinário já foi convocado para analisar esta nova realidade e adotar medidas ainda mais restritivas”.

Na confirmação o governo não revelou os nomes dos infetados nem de onde provêm, mas tudo leva a crer que fazem parte do lote de são-tomenses que chegaram de Portugal há 15 dias e que regressaram as suas vidas normais após deixarem o período de quarentena a que foram sujeitos no último fim de semana. Por outro lado, os quatros casos deverão estar confinados à ilha de São Tomé, o que coloca a ilha do Príncipe como o último baluarte da resistência. Para que se mantenha assim, já foram canceladas as ligações aéreas da STPairways à ilha do Papagaio.

Em pleno Estado de Emergência prolongado, São Tomé e Príncipe prepara-se para enfrentar um inimigo novo e impiedoso. Sem um Sistema Nacional de Saúde capaz de fazer frente às doenças, por assim dizer, menos letais adivinha-se tempos difíceis para o país, que a bem da verdade, e dentro das suas ínfimas capacidades já a algum tempo que se preparava para a chegada do Coronavírus, tendo mesmo sido agraciado com mascaras e outros materiais de proteção por parte de um empresário chinés e também da OMS. O Primeiro-Ministro diz que mais ajudas estão à caminho.

“Estamos a aguardar a qualquer momento a chegada de um avião com cerca de mil testes rápidos e todos os elementos suspeitos serão despistados”. afirmou.

Tanto se falou, e tanto se falou, nas notícias de órgãos internacionais e no seio da diáspora são-tomense nos chamados fóruns das redes sociais do facto de o país não ter sido atingido pelo virus do Covid 19 que finalmente chegou. Agora quem tiver fé nos santos Tomé e António que se agarrem a ela.

Brany Cunha Lisboa

foto google

Notícias que lhe podem interessar

“O papel dos advogados” está em debate na capital são-tomense.

Brany Lisboa

ADI censura governo de Gabriel Costa

Brany Lisboa

Angola vai apoiar a construção de uma nova cadeia em São Tomé e Príncipe

Brany Lisboa

Kalú Mendes diz que “Boleia” está a ter impacto positivo

Brany Lisboa

Comentários

* Ao submeter os seus dados, concorda com os termos definidos na Política de Privacidade

Usamos "cookies" para melhorar a nossa oferta. Mais informações na nossa política de privacidade. OK Mais informações